Pular para o conteúdo principal

Você está aqui

Obrigado, Professora!!!

Enviado por George em seg, 25/07/2016 - 19:40

É com muita dor que comunicamos o falecimento em 25/07/16 da educadora e pesquisadora REGINA LEITE GARCIA, uma das idealizadoras e fundadoras do Curso de Pedagogia em Angra dos Reis da UFF.

Abaixo, nossa pequena homenagem:

 

 

OBRIGADO, PROFESSORA!!!

O que dizer sobre a minha Orientadora e Amiga, Profa. Regina Leite Garcia?

Ou melhor, o que escolher para dizer entre tudo o que vivi com a minha Grande Mestra?

Opto por fazer jus àquilo que ela me ensinou: “Quando tiver com dificuldades de escrever, comece com a narrativa do já vivido” (cotidiano-visceral).

 

Então… Seguindo o que a Mestra ensinou…

Lembro-me do dia em que fomos à favela da Rocinha para uma roda de conversas com as crecheiras da localidade. O encontro era no “pico” do morro, na localidade denominada Rua Um. Mais especificamente na Creche da Dona Elísia, uma matriarca na Educação Infantil da Rocinha. Para subirmos até lá, em virtude do caótico trânsito da favela, provoquei a velhinha:

__ “Vamos de mototaxi?”

Ela olhou fixamente para o menino que guiaria a moto e me respondeu, já passando a perna para tentar subir na moto:

__“Vamos!”

Confesso que nessa hora eu é que “amarelei” e disse:

__“Não, não, minha Querida! Você é um patrimônio da Educação Brasileira e está aqui sob a minha responsabilidade, não vou asumir esse risco, não”.

Para quem conheceu a Regina, sabe que nesse momento ela ficou muito irritada e falou pra cacete no meu ouvido. No final, subimos de kombi mesmo.

 Essa breve narrativa ilustra bem a virtude que mais consolidou o meu respeito e a admiração por essa professora-pesquisadora-intelectual-militante: a Coragem.

Coragem de assumir, por exemplo, a Tese da Professora-Pesquisadora, mesmo tendo de pagar um preço alto ao enfrentar muitas reações retrógradas dos sacerdotes do cientificismo eurocêntrico, defensores da colonialidade do ser/saber/fazer, que sempre habitaram a universidade pública brasileira.

Coragem para BANCAR uma transformação nessa/dessa estrutura com a entrada de intelectuais viscerais oriundos das favelas; do MST; do Movimento LGBT; dos Movimentos Negros; e, sobretudo, as professoras-alfabetizadoras-pesquisadoras-intelectuais lotadas nas escolas públicas, como orientandxs.  Isso não apenas com o intuito de denunciar o desperdício de experiências e conhecimentos, mas, sobretudo, por acreditar e pôr em movimento a prática de que um OUTRO MUNDO É POSSÍVEL!

Mais uma vez, MUITO OBRIGADO, EDUCADORAORIENTADORAPROFESSORA REGINA LEITE GARCIA!!!

 

Rodrigo Torquato da Silva

Prof. Adjunto do IEAR-UFF

Premium Drupal Themes by Adaptivethemes