Pular para o conteúdo principal

Você está aqui

Mês da Mobilidade e inclusão em Angra dos Reis

Enviado por George em sex, 19/09/2014 - 17:01

O Centro de Estudos Ambientais de Angra dos Reis está organizando uma grande mobilização no centro da cidade, onde juntamente com

outras entidades do poder público municipal, representantes da sociedade civil (Conselho Municipal do Direito da Pessoa com Deficiência, Conselho Municipal da Juventude) e Câmara de Vereadores será realizada exposição de material informativo, oficinas e abordagem das pessoas, dialogando e sensibilizando sobre a priorização dos pedestres, deficientes e idosos nas vias públicas de nosso município.



A concentração do Dia Mundial sem Carro em Angra dos Reis será às 8h na

Praça do Papão. Nesta ocasião será inaugurado o CINE-AMBIENTE, uma proposta do Cento de Estudos Ambientais (CEA)em receber alunos de todas as escolas municipais as QUINTAS FERIAS para ver vídeos diversos com viés educativo socioambiental, com oficinas dinâmicas direcionadas aos

vídeos escolhidos, será realizado no segundo piso da casa da cultura, exposição de vídeos ao longo do dia.

Ocorrerá o fechamento das Rua do Comércio e parcialmente a Avenida Raul Pompéia (da Rua Conceição para baixo).



A comemoração do Dia Mundial sem Carro surgiu na França no final da década de 90, quando cidadãos de 35 cidades francesas decidiram deixar o carro em casa em busca de alternativas para locomoção, e como forma de reflexão sobre a poluição do meio ambiente. Implementado em cidades da Europa e EUA,

chegou ao Brasil em 2001. A cada ano, mais cidades brasileiras aderem à causa com ações de conscientização para o uso racional dos automóveis e de estímulo a formas mais sustentáveis de mobilidade. A proposta para o dia 22 de setembro é que seja um dia de reflexão sobre o uso do espaço público, um dia livre de carros, sem estacionamentos e trânsito no Centro Antigo da cidade.

Atividades ao longo do dia incitarão a reflexão sobre como esta se dando a utilização do espaço público e como poderia ser. Fazendo reflexões sobre: mobilidade, acessibilidade, redesenho urbano, dificuldades de acesso e circulação de pedestres, poluição causada pelos carros (poeira como

transmissor de doenças, emissão de CO2 como fator de aquecimento), stress que a quantidade de carros no centro gera na população, os conflitos do trânsito e outras abordagens.



Mais informações pelo email sma.cea@angra.rj.gov.br ou no link abaixo:

 

Premium Drupal Themes by Adaptivethemes